sábado, 30 de abril de 2011

Ainda há amor, e muito amor...

"Apesar de tudo, ainda há amor...


Nos magoamos, (EU)

nos separamos... (porque você quis)



Não sei se haverá reconciliação, (sonho todos os dias com isso)

mas o amor ainda vive aqui dentro. (Na sua forma mais pura e sincera possível)



O meu eu interior, ainda necessita

da sua presença."


Nenhum comentário:

Postar um comentário