sábado, 26 de fevereiro de 2011

Cansei (Thuanne Ramos)

E hoje eu acordei com vontade de jogar tudo pro alto, começar algo novo, e desistir daquilo me atrasa, me segura e me retem...



EU CANSEI
Cansei de tudo, cansei da rotina, de ser tratada como um robô funcional que não pode dar defeitos e nem cometer erros, cansei das cobranças hipócritas da mídia, dos homens e das mães, cansei de ter que sorrir quando alguém me xinga, cansei do telefone que não para de tocar, cansei da academia, CANSEI, de tudo que parece normal, cansei dessa cidade que me faz sentir náuseas, cansei de ter hora pra tudo, cansei de ficar trancada, cansei de ler sempre a mesma coisa, cansei da TV, cansei da moda e da maquiagem, eu to cansada de ficar calada, cansei de não surtar...
Auto controle que se f... Eu quero poder voar, voar e voar até cansar...
Thuanne Ramos

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Minha esperança é imortal...

Hoje vou postar um texto que não é meu, ouvi na voz da cantora Ana Carolina, e separei uma parte que mexe comigo...
A questão é que hoje acorde querendo matar a minha esperança, mas pensando bem ela é imortal.
                                                            " Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta a prova?
Por quantas provas terá ela que passar?
Porque deixar as coisas no ar?
Porque se apaixonar?
Porque se deixar levar?
Quantas vezes minha confiança vai ser questionada?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem pra aperfeiçoar o aprendiz, mas…
Meu coração tá no escuro.
E eu só posso dizer: Não importa!
Só me resta confiar! Vou confiar mais e outra vez!
Com o tempo a gente consegue ser livre, ético, feliz.
Afinal a minha esperança é imortal.. Eu repito IMORTAL
Sei que não dá pra mudar o começo
mas se agente quiser
Vai dar pra mudar o FINAL."

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Palavras que você nunca verá... (será?)

O que dizer e o que fazer com todo esse sentimento acorrentado
dentro de mim?
Liberá-lo, não posso, seria adiantar um sofrimento que tenho
tentado evitar de todas as formas.
Fazer o que com tudo isso? Fingir que nada acontece aqui dentro
e aceitar sempre essa condição?
Já to cansada de aceitar isso e de viver isso, não agüento mais
essa forma está errada e está fazendo com que eu me sinta menos do
que sou.
E na verdade o que sou nesse momento? Nada mais do que um OBJETO.
E o pior de tudo isso é que a carência tem feito com que eu aceite
essa condição.
O fato de está só a muito tempo e ter encontrado em seus braços um
tipo de "afeto" fez com que eu me condicionasse a isso, mas parando
pra pensar e ver de fato toda essa situação vi o quanto estou errada
ao aceitar isso.
Pra você não passa de diversão e de prazer, pra mim se torna algo
transformador e inesquecível.
Enfim, o que fazer com a vontade que as vezes é  maior do que o
querer não fazer?
Sempre digo que vontade é uma coisa que dá e passa, mas nesse caso
não consigo esperar ela passar, quando estou com você sinto vontade
de está com você em um momento eterno, quando não estou a sua lembrança
conforta a falta de não está com você. Confuso tudo isso neh??
É assim que tenho me sentido, confusa.
E o que fazer? A unica solução encontrada é não fazer. Na verdade a
unica solução é realmente te ter como amigo e de fato começar a olhar
você dessa forma. (o que vai ser dificil).
Mas nao custa tentar, enfim o fato é que o amor não pode terminar de
aflorar. Ate pq sofrer está fora de cogitação. E não, eu não quero
manter um sentimento por alguem que na verdade esconde e foje de qualquer
coisa relacionado ao coração. Enfim. Mais palavras nas quais você nunca verá.
#fato.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

“O apego não quer ir embora, DIAXO ele tem que querer”

Aqui estou eu, sozinha e pensando em como vou agir racionalmente. É engraçado tudo que está acontecendo, às vezes eu consigo me conter e simplesmente agir de uma forma que me proteja de qualquer fato que possa me prejudicar ou me machucar futuramente, mas em contra partida, tem horas que nada me faz melhor do que está do seu lado, mesmo na condição que estou.
Estranho como cada palavra sua muda e altera tudo, uma noite dessas quando estávamos juntos, sendo só eu e você e mais nada e mais ninguém, enfim, conversávamos sobre sentimentos e sobre relacionamento, e você com o seu jeito de homem que não quer se envolver disse não gostar, disse que pra esse lado você não teria sentimentos, o engraçado é q eu não acho isso (posso está enganada), mas acho que o que você tem é medo, medo de sentir e assumir o que você sente, porque tem medo, não de amar, mas de sofrer como você sofreu por causa desse sentimento na qual nos permitimos sentir.
Eu me apeguei (pega mais não se apega) isso não existe, não pra mim. Acabei me apegando e apegando até demais, e agora como que faz pra desapegar???
Não faz, espera que o tempo é o melhor remédio pra isso, não é o que todos dizem?
Hoje (só por hoje) eu conseguir ficar sem você, e a cada dia que passar vou me afastar mais, mas o meu maior medo, não é me distanciar de você, é saber que com a minha distancia você não sentiu a minha falta, isso me doeria muito mais.

”Você não está com medo de dar uma segunda chance, você só está com medo de se machucar pela mesma razão.” #fato