terça-feira, 2 de agosto de 2011

E hoje eu só queria te sentir perto

Não necessariamente te tocar,
a carência não é pelo toque,
mas pela presença, mesmo que fosse silenciosa.

Mesmo que não houvesse um abraço,
um afago ou um beijo,
sentir a sua proximidade me deixaria menos vazia.

Poder te olhar, mesmo que seus olhos
dos meus se desviassem,
eu saberia entender as respostas às perguntas
que não fiz, apenas por temer a verdade...

Mas ainda assim, hoje eu queria te sentir próximo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário