domingo, 3 de junho de 2012

VIDA

É incrível como as coisas estão depois de toda a turbulência que passei nesses últimos tempos.
Não quero aqui culpar ou acusar ninguém de nada, sabe porque, porque se tem alguém que é culpado por feridas ou marcas deixadas aqui, SOU EU MESMA.
Nós precisamos aprender a entender que nós que permitimos que as coisas aconteçam ou não, que entrem ou não nas nossas vidas, e eu permiti que certas pessoas, certas coisas e certos momentos acontecessem na minha vida, por tanto não existe mais ninguém culpado do que eu mesma, e isso não falo com dó de mim, muito pelo contrário, falo isso com força, com honra de ter passado por tudo isso, eu venci, mesmo que eu só tenha perdido, perdido tempo, sentimento, dedicação oferecida, momentos, eu aprendi com tudo isso, hoje sou mais FORTE, mas CERTA do que quero e mais CENTRADA em não permitir mais que ninguém entre em minha vida para estraga-la. A gente aprende assim, a gente aposta que vai acertar, mas se erramos e caímos o que temos que fazer é levantar a cabeça, sacudir a poeria, limpar os machucados e PROSSEGUIR.
Hoje ao acordar eu ouvi uma palavra que mexeu demais comigo dizia assim:


A morte quando encontra com a "VIDA" ela perde. 


Achei lindo demais isso, porque realmente nesse momento em que muitas vezes acreditei que não teria força pra prosseguir, em que eu achei que a "morte" fosse a melhor solução, tive um (Re)encontro com a "VIDA" e daí não teve como não (Re)VIVER e ter mais força e mais anino pra continuar em busca da FELICIDADE que somente a VIDA proporciona pra gente.

E eu sei que virão outras turbulências, outras pessoas, outros momentos, mais dessa vez será diferente porque eu estou diferente, não que eu não quero mais viver o novo, muito pelo contrário aguardo o NOVO ansiosamente até porque eu não perdi o prazer da "VIDA".








"VIDA" não há outra vida melhor do que Jesus aquele que me proporciona o melhor jeito de viver. E nisso eu acredito, acredito até o fim.

Tayanne Raimi





Nenhum comentário:

Postar um comentário